revista digital ou catálogo impresso

Revista digital ou catálogo impresso?

Os catálogos impressos são ferramentas tradicionais, que qualquer equipe de vendas precisa ter a mão para conseguir potencializar seu argumento de vendas. Um bom catálogo, além de vender mais, traz credibilidade para a marca. 

Para que um catálogo de produtos faça sucesso, ele precisa ser atrativo, com boas imagens e ter uma linguagem leve e acessível. Essa ferramenta tem o poder de ajudar você a aumentar sua base de clientes e, ao mesmo tempo, expor todos os itens que sua empresa oferece de forma prática. 

Com o avanço das tecnologias é cada vez mais comum o vendedor está equipado com um smartphone ou tablet, isso causou uma evolução no mundo dos catálogos. O catálogo digital surgiu para renovar as técnicas, e prover uma praticidade muito maior para a equipe de vendas. 

Mas, por que eu estou dizendo tudo isso?

Bem, porque dentro de um catálogo, é sempre bom também investir em conteúdo que vá além dos seus produtos, serviços e institucional. É importante que você pense no seu público e invista em conteúdo para o seu catálogo. 

Um ótimo exemplo disso, é a marca Hinode, que adaptou seus catálogos, adicionando conteúdo e transformando ele em uma revista. Agora, se você está se perguntando como juntar o melhor de dois mundos e criar um catálogo/revista digital é simples. 

Criando conteúdo especial para os seus potenciais clientes e público e colocando ele no formato digital. Formando assim, a sua revista digital e obtendo todos os benefícios que um catálogo impresso e digital teriam, só que com ainda mais credibilidade.

A revista digital vai trazer conteúdos sobre os seus produtos e pode até exemplificar como eles podem ser utilizados e em quais ocasiões. Você ainda pode adicionar links para redirecionar os consumidores para o seu site e para comprar seus produtos. É uma ótima forma de fazer marketing de conteúdo utilizando essa ferramenta de vendas.

E o melhor é que, assim como os catálogos, você pode potencializar essa estratégia, utilizando dois formatos. Fazendo uma tiragem de alguns exemplares impressos e subindo a revista no seu site. Isso faz com que, tanto suas revistas digitais, como seus catálogos se tornem uma vitrine para seus produtos. 

O ideal é casar as estratégias, tendo um material de cada!

Confira agora algumas dicas para criar um conteúdo para sua revista digital ou catálogo impresso

revista digital ou catálogo impresso

Quando você for produzir conteúdo para qualquer tipo de material, seja ele impresso ou digital, é necessário prestar atenção em uma série de fatores. Afinal, você não quer que sua marca tenha um catálogo cheio de erros de português, certo? Não há nada que tire mais credibilidade de um negócio. Por isso, aproveitamos e separamos essas dicas para você.

Determine uma linguagem

Cada canal tem uma linguagem, certo? Você não manda um e-mail para seus clientes da mesma forma como posta no Facebook. O mesmo ocorre na hora de produzir o texto para seu catálogo impresso ou revista digital. Cada canal tem um receptor e uma forma de passar a mensagem. 

Adeque seu texto ao canal dele. Se escrever um catálogo institucional, sua linguagem deve ser mais séria e objetiva. Porém, na hora de escrever uma revista digital, o ideal é estudar o seu público e ter uma ideia de quem ele é. Dessa forma, tenha conhecimento sobre qual é a linguagem ideal para ser usada e, também, qual é o perfil dos leitores. 

Pesquise e escreva sem pressa

Na hora de produzir conteúdos para os catálogos impressos e revistas digitais, é preciso pesquisar sobre o assunto que você quer abordar. Procure entender sobre o tema, já que ninguém consegue falar com propriedade sobre algo que não sabe. Depois de pesquisar bastante sobre o assunto, organize as ideias antes de começar a escrever, para não se perder nas palavras. 

A dica que fica aqui é: crie uma linha de raciocínio, com meio, início e fim para colocar todas as informações de maneira lógica. Depois de montar esse “esqueleto” inicial, escreva com cuidado e fique atento para não errar na ortografia e na gramática.

Revisão é fundamental

E por falar em revisão, não ler o próprio texto é um dos piores erros que se pode cometer. Ao produzir conteúdos para qualquer material, a revisão é um dos passos mais importantes. Portanto leia várias vezes o que foi escrito. Na primeira leitura, verifique sua produção por inteiro: faz sentido? As informações estão bem colocadas? Depois embarque em uma visualização mais minuciosa, cheque as concordâncias, as vírgulas entre outros elementos.  

Se tiver um prazo mais longo, use o tempo a seu favor e revise depois de algumas horas ou dias. Assim, você se desprende um pouco do assunto e volta com um olhar mais descansado e atento.

Leia também