pessoas tirando foto de produtos em um estúdio

Como tirar foto de produtos que valorizem o seu catálogo

Seja para montar um catálogo, um e-commerce ou apenas para anunciar suas mercadorias em algum meio, a foto de produtos é fundamental. É por meio delas que o seu cliente irá conhecer os itens e possivelmente se interessar na compra.

Por isso, se você quer que seus clientes reconheçam qualidade nas suas peças, é importante que as fotografias também sejam feitas com qualidade.

Pretende contratar uma empresa para fazer as fotos? Ou pretende fazer você mesmo? Para ambos os casos, saber como esse processo deve ser feito vai te ajudar a identificar o que é esperado da sessão de fotografias.

Para ajudá-lo, separamos aqui algumas dicas de como tirar boas fotos de produtos e valorizar os seus itens para aumentar as vendas. Confira abaixo!

Dicas para tirar foto de produto:

1. Valorize o produto

Com esse tipo de fotografia o objetivo principal é destacar, claro, o produto. É necessário separar bem os itens, evitando peças manchadas, riscadas, com o rótulo comprometido ou qualquer outra avaria.

A pessoa que estiver vendo a foto não poderá tocar nem ver o objeto. Logo, tirar fotos de diferentes ângulos, mostrando o acabamento e os detalhes ajuda a destacar a mercadoria em si. Com isso, fica mais fácil enaltecer diferenciais e especificações do objeto como as variações de cores, material que é feito, o design diferenciado e outras características que agreguem valor ao cliente.

2. Composição completa

Independente de qual seja sua mercadoria, a composição é fundamental na foto de produto. Se você estiver fazendo fotos em contexto, isso se torna ainda mais importante. 

Mesmo quando fazemos fotografias em fundo branco, incorporar alguns elementos pode ajudar a destacar a peça e até mesmo criar um diferencial.

Muitas marcas de roupa aproveitam isso. Elas não fotografam apenas a calça anunciada, mas também uma camiseta, um sapato e um acessório para combinar. Assim, montam o look inteiro para que o cliente se inspire e tenha ainda mais interesse em adquirir o item.

3. Atenção ao local para a foto de produtos

Se você estiver fazendo fotos para um catálogo, os estúdios são a melhor opção de local para os cliques. Isso porque as paredes brancas vão te ajudar a dar mais destaque para a peça. Além disso, também facilitam caso você precise remover o fundo para eventuais montagens. 

Você pode optar também pelos estúdios portáteis que são vendidos facilmente na internet e que também apresentam bons resultados com baixo custo ou, se ainda assim achar que o valor está fora do orçamento, pode montar um mini estúdio com uma caixa de papelão, tecido TNT branco e lâmpadas fluorescentes.

Agora se você estiver fazendo foto de produtos para outras finalidades, como postagens em redes sociais, campanhas promocionais entre outras, aproveite algum local bonito e monte uma boa composição com os itens. Aproveite a luz natural do local para tirar cliques elegantes.

4. Equipamento de ponta

Um dos principais elementos para uma foto de produtos de qualidade é a câmera. O seu celular pode até ter uma ótima resolução, mas as câmeras profissionais ainda conseguem obter uma definição de imagem melhor. 

Além disso, o tripé é essencial para que a fotografia não fique tremida. Ele garante a estabilidade da câmera e sua imagem não fica com nenhum borrado. 

O timer também pode ajudá-lo nesse momento, já que o movimento de apertar o botão disparador pode fazer com que o equipamento se mexa um pouco.

5. Atenção à iluminação

Como dissemos, a luz natural pode ser de muita ajuda na hora de fazer os cliques em um ambiente externo, especialmente se forem feitas no período da tarde. 

Mas, se você estiver fazendo as fotografias em estúdio, aposte em duas fontes de iluminação. Isso ajuda a iluminar melhor os itens e também os deixa ainda mais evidenciados.

Fora a quantidade, a distribuição e uniformidade dos focos de iluminação também são muito importantes. Para evitar que sua mercadoria fique com uma sombra dura, aposte em uma luz difusa. Assim, ela será melhor distribuída e ficará mais suave, ao invés de concentrar apenas em um ponto central.

6. Fotógrafo e seus conhecimentos

O ideal é, claro, contratar um profissional com experiência em fotografia de produtos. Porém, é muito comum que não haja verba para essa contratação. Justamente por conta disso que os fotógrafos com menos conhecimento precisam de ainda mais cuidados na hora de fazer a foto dos itens.

Conheça bem a máquina fotográfica, controle o foco, velocidade do clique. Explore o ambiente, as funcionalidades da câmera, as luzes e os ângulos do objeto. Assim, você não apenas experimenta novas possibilidades como também descobre quais as melhores perspectivas para cada peça.

Tire o máximo possível de foto de produtos para conseguir fazer testes e, depois, extrair os melhores cliques.

7. Edição (o que vem depois da foto de produtos)

Após todos os cliques, chega outro momento muito importante: a edição. Você pode terceirizar essa etapa, contando com profissionais freelancers ou tentando por si mesmo. Existe uma série de aplicativos e softwares que atendem desde os amadores até os profissionais, e mesmo se você não tiver experiência com nenhum deles pode aprender por meio de vídeos do YouTube

Mas, fica o alerta de que a edição deve ser feita com muito cuidado para não distorcer a imagem. A ideia é apenas fazer alguns retoques que ajudem a evidenciar o objeto e não torná-lo algo artificial.

Escolha as melhores fotos e comece a fazer correções na iluminação e na cor. Além disso, faça os recortes para que todas as imagens fiquem no mesmo formato, tamanho e resolução. Você vai perceber que, por mais que as fotos sejam muito bem tiradas, mesmo uma pequena edição já faz toda diferença. 


E aí, ficou com alguma dúvida de como tirar foto de produto? Gostou das dicas? Acompanhe o blog da Publiks para conferir muitas outras recomendações para a criação do catálogo ideal para o seu negócio.

Leia também